Jogos online e offline de RPG e Tabuleiro.

Xenoblade Chronicles RPG: um mundo cheio de ação

0 7

Ambiente em mundo aberto com cenários conectados, Xenoblade Chronicles é um game cheio de segredos para o jogador explorar em sua jornada. Com gráficos muito bonitos, esse é o primeiro título de das mais famosas séries de RPGs eletrônicos de todos os tempos.

O game foi foi aclamado pela crítica ao ser lançado, tendo sido chamado de um dos melhores RPGs daquele período. Recebeu assim inúmeras avaliações positivas, o título foi igualmente bem recebido pelos jogadores, tranquilizando a equipe de desenvolvedores que investiu pesado na criação de Xenoblade Chronicles.

Fique conosco e saiba mais!

Xenoblade Chronicles RPG

O enredo do jogo foi elogiado como sendo agradável e inovador, embora alicerçado em uma premissa clichê. A narrativa foi comentada pela crítica como empolgante e engajada, dando assim a devida recompensa aos investimentos feitos jogadores com incríveis cenas de ação.

Xenoblade Chronicles RPG: um mundo cheio de ação 1
Clique na imagem para ir ao site oficial do game na Nintendo.

O conceito que originou a história do game foi concebido pelo roteirista principal e diretor executivo Tetsuya Takahashi, quem teve a ideia de fazer uma um jogo de RPG com uma história sobre dois deuses gigantes congelados no lugar com pessoas vivendo sobre seus corpos.

O desenvolvimento do game se iniciou em 2007, mas o jogo só foi anunciado em 2009. Lançado na Europa primeiro, o lançamento na América do Norte permaneceu incerto, até que o game finalmente chegou a terras norte americanas em 2012.

Xenoblade Chronicles RPG: o mundo do jogo

A história de Xenoblade Chronicles se passa em um mundo que era feito apenas de água, tudo que existia era um vasto oceano até que dois deuses titânicos, Bionis e Mechonis, passaram a existir.

Xenoblade Chronicles

Os dois deuses lutam um contra o outro em uma batalha que durou tanto tempo que foi conhecida como eternidade. Ambos lutaram até o último derradeiro golpe, não houve vencedores, apenas seus golpes permaneceram congelados em posição de combate.

E assim os deuses se tornam mundos, o lar de diversas formas de vidas que passam a habitá-los a partir de então.

Assim, a trama do game é bem incomum, uma vez que toma lugar em mundo localizado sobre os corpos dos dois gigantescos titãs que perderam suas vidas em uma luta épica.

Sobre o corpo do deus Bionis se desenvolvem várias formas de vida orgânicas, incluindo os humanoides chamados oms, seres aparentemente idênticos aos seres humanos.

Em Bionis também surgem os pequenos e peludos nopons, que podem viver o dobro ou até mesmo o triplo do que vivem os oms. E por fim, surgem os humanoides aviarios, uma espécie parecida com os seres humanos, mas que tem asas e que podem viver por séculos.

Já o deus Mechonis abriga a forma de vida mecânica e humanoide chamada de machina. Um ser que pode viver por milênios.

Ambos os seres dos dois mundos vivem lutando entre si, como já era de se esperar. Como principal arma os oms usam o monado, uma espécie de espada mística ligada a Bionis e que permite ao seu portador tem visões do futuro.

Esse é o pano de fundo que embasa o cenário no qual o jogador vai lutar. Um ano antes do momento que o jogo inicia para o jogador, o prólogo da história narra como Dickson, Dunban e Mumkhar enfrentaram um exército de mechons (machina).

Mas, o personagem Mumkhar desertou e a Monado acabou paralisando o braço direito de Dunban, É então que entra em cena Shulk, o personagem que irá ser vivido pelo jogador. Ele é um jovem amante da ciência que estuda o Monado em uma das colônias de Bionis.

O local onde Shulk desenvolve seus estudos é atacado por um grupo de mechons liderados por um ser poderoso conhecido como Metal Face.

Ao tentar usar o Monado outra vez, Duban quase morre e Shulk acaba tendo de empunhar a espada. Ele faz isso com facilidade e acaba recebendo visões do futuro.

No entanto Metal Face parece ser imune a arma, e não recebe danos. Ele mata Fiora, uma amiga próxima de Shulk, antes de partir, além disso, ele destrói toda a colônia. Shulk jura vingança e parte dali junto com Reyn, outro de seus amigos.

E assim tem início a jornada de Shulk com seus amigos em busca de vingança. Eles terão muitas batalhas contra os mechons e descobrirão os segredos da espada Monado.

Xenoblade Chronicles RPG: ficha técnica

Xenoblade Chronicles foi originalmente desenvolvido pela Monolith Soft e lançado em 2012 na América do Norte.

Confira ficha técnica do game a seguir:

  1. Desenvolvedora: Monolith Soft;
  2. Publicadora: Nintendo;
  3. Diretores: Koh Kojima, Genki Yokota;
  4. Produtores: Shingo Kawabata, Takao Nakano;
  5. Projetistas: Koh Kojima;
  6. Escritores: Tetsuya Takahashi, Yuichiro Takeda, Yurie Hattori;
  7. Programadores: Katsunori Itai;
  8. Artista: Norihino Takami;
  9. Compositores: Manami Kiyota, Tomori Kudo, Hiroyo Yamanaka, Kenji Hiramatsu, Yoko Shimomura e Yasunori Mitsuda;
  10. Plataforma: Wii;
  11. Série: Xenoblade Chronicles;
  12. Conversões: New Nintendo 3DS, Nintendo Switch;
  13. Gênero: RPG de ação;
  14. Modo de jogo: um jogador.

Xenoblade Chronicles RPG: personagens

O personagem principal do game é Shulk, um jovem cientista da raça dos oms que vive no assentamento da Colônia 9 em Bionis. Ele é acompanhado por Reyn, um de seus amigos de infância e um membro da chamada Força de Defesa.

Xenoblade Chronicles RPG: um mundo cheio de ação 2

Além de Reyn também acompanham Shulk em sua jornada:

  1. Duban, antigo portador da espada Monado e irmão da jovem Fiora, que foi assassinada por Metal Face;
  2. Sharla, uma médica e atiradora de elite;
  3. A jovem Melia Antiqua, princesa-herdeira dos alto etnias;
  4. O nopon Riki, um herói do seu vilarejo.

Quanto aos vilões, o principal deles é Zanza, um deus de Bionis e também um personagem importante.

Outros personagens dignos de nota são Dickson, p mentor de Shulk e Mumkhar, o soldado covarde que lutou ao lado de Dunban e desertou da luta, Egil autoproclamado líder dos Machinas e o misterioso Alvis, quem ajuda Shulk durante momentos de sua jornada.

Alvis é um personagem interessante, pois se sabe pouco sobre ele, mas Alvis é capaz de empunhar a Monado, o que demonstra seu valor.

Xenoblade Chronicles RPG: jogabilidade

O game tem um sistema de combate em tempo real em que o jogador move manualmente o atual personagem jogável. Já os demais membros do esquadrão são controlados pela IA do game e atacam automaticamente.

O jogador também pode realizar ataques manuais, que são denominados no game de Artes. Mas, esse recurso é limitado. Após usar uma vez é preciso esperar que o recurso recarregue para ser usado de novo, e isso demora certo tempo.

Para derrotar os inimigos é preciso zerar os pontos de vida deles. Ambos, membros do grupo e inimigos, possuem um número finito de pontos de vida, com danos tomados diminuindo este valor.

O jogador é derrotado quando os personagens morrem e não tem mais meios de serem revividos. A vida dos personagens pode ser restituída com Artes de cura em combate. Fora das batalhas é só deixar os pontos de vida dos personagens regenerarem-se de forma automática.

Toda vez que o jogador ganha um combate ele recebe pontos de experiência, assim os personagens podem se fortalecer, subindo de nível e aprendendo novas Artes (habilidades).

Cada personagem tem sua Paleta de Batalha, que é o conjunto de habilidades estabelecida pelo jogador para cada um deles. Mas, é preciso arrumar a paleta fora de combate.

Há também o chamado anel de aggro, um anel que fica em redor dos personagens e chama atenção dos inimigos tanto maior fica. Ele aumenta quanto mais ações o personagem realizar, consequentemente, o personagem é mais atacado.

Além disso, cada personagem possui um medidor de Tensão, que representa sua moral. Quanto maior a moral, maior a chance de acertar um ataque poderoso ou crítico.

E há o sistema de visão, onde o protagonista Shulk vê fragmentos de ataques futuros (habilidade ligado ao Monado).

O combate e a evolução no game é muito divertido. Há muita coisa para fazer e o jogador precisa prestar muita atenção aos diversos elementos do combate.

De uma forma geral, Xenoblade Chronicles se destaca por:

  1. Uma excelente história, bem inovadora em diversos pontos;
  2. Um sistema de combate em tempo real e dinâmico;
  3. Vários personagens interessantes;
  4. Bons gráficos, boa jogabilidade;
  5. Muitas cenas de ação.

Para finalizar deixamos você com esse vídeo do trailer oficial de Xenoblade Chronicles.

Wii – Xenoblade Chronicles Trailer

Divirta-se e até a próxima com Mais RPG!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.