Runequest RPG

1 240

- Advertisement -

Runequest RPG é um sistema de fantasia criado em 1978. Conheça sua história e seu sistema que foi replicado em outros jogos famosos, como Call of Cthulhu, e foi considerado um dos “Três Grandes” junto com Dungeons and Dragons e Traveller RPG, e como ele evoluiu e se transformou no Mythras RPG.

Runequest RPG

Runequest RPG já foi um dos mais vendidos RPGs da aurora desse tipo de jogo na década de 1970, e depois de vários problemas associados a marca, conseguiu dar a volta por cima, consolidando seu sistema, o Basic Roleplaying. Conheça esse RPG que inventou o sistema de perícia que hoje é usado em todos os RPGs.

runequest rpg

- Advertisement -

História do Runequest RPG

A história de Runequest é em si uma aventura com altos e baixos. Em 1978 a Chaosium lançava o Runequest RPG (conhecido como RQ1), um jogo que utilizava o sistema Basic Roleplaying junto com o cenário de Glorantha, criado por Greg Stafford. Rapidamente, Runequest RPG ostentava público e fãs pois era bem simples de jogar, e inaugurava um sistema que outrora os RPGs da época não usavam: um sistema de perícias. Além disso, trazia para a resolução de ações o dado de porcentagem (d%).

Dois anos depois, em 1980, a Chaosium lançava uma nova edição do Runequest RPG (RQ2), um livro de 130 páginas que logo na década seguinte competiria com o RPG mais jogado do planeta na época: o Advanced Dungeons and Dragons. A Chaosium chegou a lançar vários suplementos para seu sistema até 1983.

Já em 1984, a Chaosium teve vários problemas financeiros, e foi obrigado a vender licenças de jogos que ela possuía. Como Call of Cthulhu era mair rentável do que Runequest RPG, esse foi vendido para a . Ela faz a terceira edição do RPG (RQ3), mas infelizmente por erros de designer, onde o sistema foi drasticamente modificado, essa edição que foi publicada entre 1984 a 1995 não fez tanto sucesso quanto suas edições anteriores, e o Runequest foi perdendo espaço para o mercado cada vez mais diversificado de RPGs da década de 1990, e com a expansão de vários outros livros, Runequest RPG perdeu sua excelência entre os grandes RPGs.

Em meados de 1994 até 1998, a marca Runequest passou por atribulações jurídicas entre a Chaosium e a Avallon Hill, dentre eles direitos sendo disputados, pactos de lançamentos de uma nova edição quebrados, presidente da Avallon Hill indiciado por crimes sexuais, e a marca Runequest sendo ligada a isso, ou seja, uma lista de absurdos.

Em 1998, a Hasbro adquire a Avallon Hill (e os direitos do Runequest RPG), e depois, adquire o maior concorrente deles, a Wizards of The Coast (que já tinha adquirido a TSR e a marca Dungeons and Dragons). Com duas marcas fortes nas mãos, a Hasbro decide investir no D&D, e com o lançamento da 3ª edição desse jogo, não investe em seu concorrente, o Runequest. No período de 1998 a 2005, Runequest desaparece.

A marca quase morre. Seus irmãos de sistema ainda sendo lançados e jogados, mas ele estava morto, ou pelo menos seu sistema, pois em 2006 era lançado após um acordo de editoras, o Mongoose Runequest (MRQ1) pelo sistema d20, pela Mongoose Publishing.

Runequest RPG hoje

Chaosium, ainda detendo os direitos do Basic Roleplaying, lança em 2010 uma edição desse jogo, fazendo com que a Mongoose reaja e lance uma nova edição do Runequest RPG (MRQ2).

Em 2011, em um acordo com as empresas detentoras das marcas do jogo e do sistema, finalmente entram em acordo para fazer uma sexta edição do jogo. Lançado pela The Design Mechanism, hoje a mais nova edição é chamada de Runequest 6ª Edição e foi lançada em 2012, voltando as suas origens de sistema, e mais recentemente, teve uma mudança no nome, passando a se chamar Mythras RPG.

Como jogar Runequest RPG

Antes de começar, pedimos para ver nosso artigo de Como jogar RPG de Mesa, para se preparar para jogar este famoso RPG.

- Advertisement -

Existiram diversas edições de Runequest RPG, mas para os jogadores e mestres que preferem se aventurar no mundo de Runequest, é sugerido pegar as edições que tenham o mundo de Glorantha (RQ1 e RQ2).

Se quiser embarcar em um sistema novo, mas que não foi bem recebido pelos fãs antigos por modificações drásticas nas regras, pegue a 3ª edição (RQ3).

Se estiver acostumado com a 3ª edição do Dungeons and Dragons, e quiser um jogo compatível, peque as edições da Mongoose (MRQ1 ou MRQ2).

Mas, finalmente, se quiser o Runequest RPG que voltou as origens, reformulado e pronto para as novas gerações, adquira o Runequest 6th Edition/Mythras RPG.

mythras rpg

Jogabilidade do Runequest RPG

O RuneQuest RPG usa os seguintes dados: um dado de dois lados (d2) que qualquer outro dado pode simular, onde o impar é 1 e o par é 2, ou jogando uma moeda; Um dado de 3 faces (d3) que é um dado normal de 6 faces (d6) onde os números são: 1-2 = 1, 3-4 = 2, 5-6 = 3; Um dado de 4 faces (d4); Um outro d6, agora com sua função normal; Um dado de oito faces (d8); Um dado de dez faces (d10); Um dado de doze faces (d12); Um dado de vinte faces (d20);

E finalmente, um dado de porcentagem (d%), onde são usados dois d10 e é decidido qual será as dezenas e qual será as unidades .O resultado é um número entre 01 e 00 (100).

Cada dado tem seus próprios usos. O d% é usado com mais frequência em testes de habilidades. O d20 é usado para identificar um local atingido durante o combate. Os outros são usados em diferentes combinações geralmente para danos e ferimentos à arma.

Runequest / Mythras RPG no Brasil

Com a decisão da The Design Mechanism de mudar o nome do Runequest para Mythras, alguns jogadores veteranos que deixaram de jogar ou não acompanharam a evolução da história do Runequest poderiam ficar perdidos, mas o Mythras veio com a informação que é o sistema do Runequest, somente mudou de nome.

E o melhor, em setembro de 2019 foi anunciado que esse RPG seria lançado no Brasil. O Mythras RPG será lançado pela Macaco Dumal Hobbies (do Alan Rozante). Vamos agora aguardar os próximos pronunciamentos.

runequest rpg

Fim do texto – Runequest RPG

Obrigado por ter lido até aqui. Espero ter gostado do nosso artigo sobre Runequest /Mythras RPG. Salve o maisrpg.com em seus favoritos, assine nossas redes sociais e não deixe de compartilhar esse artigo com seus amigos.

- Advertisement -

- Advertisement -

1 comentário
  1. Traveller RPG - Mais RPG

    […] no passado de “Os Três Grandes” (Traveller RPG junto com Dungeons and Dragons e Runequest RPG), esse sistema nunca foi lançado no Brasil, e também nunca teve alguma previsão por nenhuma […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.