Jogos online e offline de RPG e Tabuleiro.

RPG de Texto

1 48

Conheça o RPG de Texto, que é jogado nas redes sociais, email, fóruns e aplicativos de mensagens, que está ficando popular para quem não tem tempo de jogar.

RPG de Texto

Jogar RPG é uma experiência marcante para os jogadores, mas requer um pouco de concentração, tempo e dedicação por parte de todos. Reunir os amigos, de forma física ou virtual, pode ser um desafio para quem não tem tempo.

RPG de Texto

Por isso, muitos procuram meios de jogar de forma alternativa, em forma de texto, por diversos meios:

  • Por Mensagem de Texto (SMS)
  • Por Aplicativo de Mensagem de Texto (Whasapp, Telegram, Skype)
  • Por Redes Sociais (Facebook)
  • Por E-mail (conhecido como pdem)
  • Por Fóruns Virtuais (conhecido como pbf)

Em todos, algumas regras devem ser obedecidas. Essas regras são uma adição às próprias regras de jogar RPG, presentes em cada sistema.

Iremos comentar como jogar um RPG de Texto como jogador e mestre nos tópicos abaixo.

RPG de Texto – O que é?

RPG de Texto é um pouco diferente do RPG de mesa ou do RPG eletrônico. Enquanto o RPG de mesa os jogadores interpretam personagens falando, e o RPG eletrônico o jogador somente comanda, o RPG de texto tem algumas singularidades que pode misturar o RPG de mesa e o RPG eletrônico.

Como é auto explicado, o RPG de texto precisa que os participantes escrevam o que seus personagens estão fazendo, e também descrevam a cena no qual eles (os personagens) estão inseridos.

Como uma narrativa feita por muitas mãos, o RPG de texto funciona como um grande livro sendo escrito por diversos autores. Claro, que com algumas singularidades.

RPG de Texto – Como funcional?

Não importa se você vai jogar pelo Whatsapp ou por email, o que é o diferencia no jogo é o que você descreve do seu personagem.

Existem vários tipos de RPG de Texto, e o que define qual será usado são os participantes. Quando decidido qual será seguido, o grupo pode dar vazão ao que quer que seu (ou seus) personagem faça. Como em um RPG tradicional, pode existir um fim ou não da narrativa, mas ao contrário do RPG de mesa tradicional, não precisa necessariamente existir um mestre, muito menos um sistema de RPG que norteie o jogo.

RPG de Texto – Quais as Regras?

Ao contrário de um RPG de mesa, um RPG de texto não precisa necessariamente ter regras. Podem ser utilizados algumas regras dos RPG de mesa, como fichas ou modo de interpretar ações, mas não necessariamente estão engessados as regras de um sistema específico.

Como todo o jogo se passa com os jogadores descrevendo literalmente em texto seus personagens, tudo pode ser analisado de forma prática. Quando se usado um sistema, os jogadores em si tentam normalmente interpretar o que existe nas regras. Já no RPG de texto, o que está escrito vale mais do que pode ser interpretado nas regras de um RPG convencional.

A regra principal ao se jogar RPG de texto é definir quais regras.

As Regras são como o Sistema Escolhido?

Os jogadores, independente da plataforma, escolhem um sistema para se basear. Mesmo que o que importa mesmo é o texto digitado pelos jogadores, a base de todo o jogo é o sistema.

Mas, na contramão disso, existem os jogos que os jogadores se inspiram em sistemas já criados. filtram o que interessam a eles e jogam no texto da narrativa as ações e definições. Como em um RPG comum, é necessário pelo menos um mediador que serve, pelo menos, como um juiz de regras.

E finalmente, existem os jogos no qual a narrativa é superior a qualquer jogo criado. Não importa se o jogo jogado é X ou Y, o que importa é a narrativa. De um tópico ou outro, o sistema pode mudar ou não, mas a narrativa permanece.

RPG de Texto

Como realmente funciona essa forma de jogar RPG?

Não importa a plataforma escolhida, de SMS à fóruns de internet, a dinâmica de jogo funciona em turnos determinados pelos jogadores. Se existe um mestre de jogo, como os RPG de mesa tradicionais, ele pode ser responsável em ditar os turnos e resoluções de ações.

Se o sistema escolhido tiver dados, opções virtuais poderão ser utilizadas, ou o mestre pode jogar os dados das ações dos jogadores. Tudo é acordado previamente entre jogadores.

Em aplicativos de mensagens, como Whatsapp e Telegram, em grupos que são criados para o roleplay, tudo o que é escrito pelos jogadores é teatralidade do jogo. Alguns símbolos são adotados para outras ações, como os asteriscos – * – como voz de um narrador ou ação sendo tomada, e parênteses – () – para coisas fora do jogo ou perguntas.

Nos fóruns, para que um tópico não fique estagnado por falta de ações, os turnos são definidos por tempos reais, como horas ou dias, tempo suficiente para que todos os participantes joguem. Se existe um mestre, ele pode editar postagens para que o texto fique coeso, e todos tenham a ciência do que está acontecendo por uma ótica mais literal.

Quando se jogam dados, os resultados podem ser expressos literalmente, como em funções aritméticas.

Coisas como ritmo de jogo devem ser obedecidos. Se uma ação está acontecendo em um aplicativo de mensagens, os “vácuos” (intervalos sem resposta de texto) podem significar perda de ações. Já em fóruns e redes sociais, tópicos podem também ter ritmo, mas não necessariamente como em mensagens de texto.

Casos de um jogador desaparecer (ghosting) de uma narrativa pode atrapalhar a dinâmica do jogo, por isso deve haver honestidade entre os participantes, já que o jogo de RPG de texto é uma criação colaborativa. É importante que exista o respeito entre eles para que o jogo não fique travado ou estagnado.

RPG de Texto – Tipos de Jogos

Como nos RPGs tradicionais, a história é definida pelos jogadores. Uma aventura de RPG de Texto pode ter a linearidade dos jogos normais, como podem ter várias linhas. Alguns jogadores podem, em um mesmo jogo, ter vários personagens, e dependendo do formato e plataforma, ter vários jogos ocorrendo no mesmo jogo.

Os tipos existentes são:

Jogador por Jogador (1×1)

Jogadores fazem suas próprias descrições de ações e conversam/interagem com outros jogadores. Nesse tipo de jogo, os jogadores assumem que sabem o cenário que está sendo utilizado, e a jogada rola entre decisões feitas por palavras invés de jogadas de dados ou outras resoluções.

Mestre por Jogador (Mx1)

Já nesse formato, o mestre entra em cena, com descrições, interações de personagens criados por ele, e o jogador entre no meio desse universo em criação. Nesse caso, o mestre tem uma cartilha de personagens próprios (NPCs ou Non-Player Characters no original), enquanto os jogadores fazem os papeis dos seus personagens.

Mestre por Grupo de Jogadores (MxGrupo)

O formato tradicional, onde o mestre interage com vários jogadores ao mesmo tempo.

Jogador por Jogador Romance/Ero

Nesse tipo de jogo, onde ambos os jogadores narram cenas mais “picantes”, é um tipo de jogo especial do 1×1 normal. Nesse tipo de jogo, é necessário cautela para que as palavras não sejam interpretadas erroneamente.

RPG de Texto – Observações Finais

Por ser uma forma de RPG no qual é possível uma maior imersão de personagem, principalmente com maior tempo de jogo do que um RPG de mesa, onde enquanto o RPG tradicional consome algumas horas, e o de Texto pode existir uma dedicação quase exclusiva de tempo, é possível que a interpessoalidade dos jogadores fique afetada.

Conhecido como bleeding (sangramento), quando o jogo fica tão intenso para o jogador, que ele se vê preso em sentimentos e emoções do personagem. Convivendo com aquele personagem o tempo todo, escrevendo, falando e pensando como ele pode ser nocivo para pessoas com sensibilidade ou psiquê frágil. É importante para todos identificarem quando estiver ocorrendo algum sangramento entre os jogadores, e para eles, a procura de ajuda é essencial.

E finalmente, como o RPG de mesa, o RPG de Texto tem que ser um hobby. Se afetar sua existência, suas emoções, ou até mesmo seu estilo de vida, ele deve ser evitado. O jogo deve ser divertido, se não está sendo, pare e reavalie.

RPG de Texto

Fim do Texto – RPG de Texto

Obrigado por ter lido até aqui.

Obrigado por ter lido até aqui. Espero que tenha gostado do texto RPG de Texto. Esquecemos algo que deveria ter sido comentado? Comente.

Coloque o MaisRPG em seus favoritos, assine nossas redes sociais, e não esqueça de compartilhar esse e outros artigos do site!

1 comentário
  1. Diego Diz

    Uaaau muito bom…
    Mas cade algum para participar??

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.