Jogos online e offline de RPG e Tabuleiro.

Odin Sphere RPG: um mundo de fantasia

0 12

Odin Sphere foi idealizado por por George Kamitani para ser o sucessor espiritual de Crown Princess, título de grande sucesso da Sega Saturn de 1997, Seu desenvolvimento começou em 2004, após a formação oficial da Vanillaware.

Com um cenário e conceitos que incorporam a mitologia nórdica, o game tem gráficos em 2D muito bem desenhados, coloridos e expressivos. Sendo um típico gênero de RPG eletrônico, o jogador controla cinco personagens por seis diferentes cenários.

Odin Sphere foi bem recebido pela crítica e ficou em 7º lugar como o jogo de PS2 mais bem avaliado do ano em que foi lançado (2007), o que para um jogo 2D não é nada mal!

Fique conosco e saiba mais!

Odin Sphere RPG

O game foi originalmente desenvolvido para Sega Saturn, mas ganhou remake para PS2. Elogiado pelos gráficos e pela intuitividade dos comandos, os críticos também observaram que o jogo tem um nível de dificuldade elevada e cenários repetitivos.

Odin Sphere
Clique na imagem para ir ao site oficial do jogo (em inglês)

O jogo foi destaque em sites e revistas especializados, especialmente durante os prêmios Best of 2007 para PlayStation 2 da IGN, onde o jogo ganhou Melhor Design Artístico, Melhor História, Design Mais Inovador, [95] e Melhor RPG.

Também foi apontado por vários editores como bom candidato ao prêmio Games of 2007 e ficou em terceiro lugar no RPGamer Award de 2007. O título ganhou ainda o prêmio Pure Beauty da GamesRadar durante o Platinum Chalice Awards pelos seus gráficos artísticos.

Esses são apenas os prêmios principais. O jogo também ganhou diversas segundas e terceiras colocações em prêmios diversos, demonstrando ser realmente um jogo de peso no mundo dos games.

Odin Sphere RPG: o mundo do jogo

O game se passa no continente fictício de Erion, dividido em várias nações espalhadas por todo o país. As principais nações de Erion são a terra guerreira de Ragnanival e o reino das fadas de Ringford, na floresta, separado por um grande espaço vazio que outrora já foi o reino de Valentine.

Ragnanival é governado pelo Lord Odin enquanto que Ringford é governado pela Rainha das Fadas Elfaria.

Odin Sphere game.

Há ainda outros povos no mundo de Erion, que incluem a terra neutra da Titânia e o reino do fogo, ligado ao vulcão, governado pelo rei Onyx. O mundo do jogo é repleto de terras fantásticas e seres saídos diretamente da mitologia nórdica.

E não falta o submundo, O Mundo Inferior, como é chamado no jogo é governado rainha Odette, é a terra dos mortos. Um lugar sombrio cheio de criaturas assustadoras.

Erion é cheio de magia. Os principais elementos do game são os psyphers, armas que incorporam cristais feitos a partir da energia vital do phozon. Há ainda o caldeirarão de Valentine, uma antiga relíquia, que na verdade é também uma arma que produz cristais absorvendo os phozons da terra.

O jogador vai descobrir que estes itens são realmente importantes dentro do mundo do jogo.

Todo esse universo místico tem como pano de fundo um Armageddon. Uma antiga profecia que fala sobre a destruição de Erion e como o continente seria então governado pelos sobreviventes.

A história é contada a partir da perspectiva de uma jovem chamada Alice, lendo uma série de livros em seu sótão. São cinco livros no total. Cada um deles apresenta um dos cinco personagens principais e pontos importantes da trama.

Os livros não são lidos sequencialmente, mas se sobrepõe em diversas partes da história, tornando a trama muito divertida.

Muito tempo atrás o mundo era controlado pelo rei Valentine, ele era um homem gentil, mas uma magia feita para trazer prosperidade ao seu povo teve como efeito contrário absorver toda a sua bondade.

Como consequência ele se transformou em um cruel ditador e declarou guerra ao resto de Erion. Ele tinha a arma mais poderosa do reino, o seu caldeirão, mas em suas conquistas o Caldeirão enlouqueceu e destruiu o reino em uma única noite. Todos de Valentine foram amaldiçoados e transformados em uma criatura chamada Pooka.

Foi então que o Reino de Valentine virou uma terra vazia em ruínas e os reinos de Ragnanival e Ringford se tornaram as nações mais poderosas do game. O rei Valentine se foi deixando seu caldeirão temível para trás.

Na abertura do game, Ragnanival e Ringford estão em guerra pela posse do Caldeirão no deserto de Valentine, e Odin acaba matando Elfaria. O motivo da guerra é que nenhum dos dois queria ver o caldeirão nas mãos do outro, mas Ragnanival acaba levando a melhor.

Odin Sphere RPG: um mundo de fantasia 1
Odin Sphere game.

E esse é o mundo no qual o jogador vai adentrar, um mundo repleto de seres fantásticos, armas terríveis e consumido por guerras, onde cada nação tem suas próprias pretensões e história.

Odin Sphere RPG: ficha técnica

O conceito inicial do game era de uma história que girava em torno de uma princesa Valquíria e uma história de fantasia, romance, ação e aventura que tem como pano de fundo a mitologia nórdica.

Confira a ficha técnica do game a seguir.

  1. Desenvolvedora: Vanillaware;
  2. Publicadora: Atlus;
  3. Programadores: Kentaro Ohnishi;
  4. Artista: George Kamitani;
  5. Escritores: George Kamitani;
  6. Compositores: Masaharu Iwata, Hitoshi Sakimoto, Mitsuhiro Kaneda, Kimihiro Abe, Manabu Namiki;
  7. Designer: Vanillaware;
  8. Plataformas: PlayStation 2, PlayStation 3, PlayStation 4;
  9. Data de lançamento: 17 maio 2007;
  10. Gênero: RPG eletrônico de ação;
  11. Modo de jogo: um jogador.

Odin Sphere RPG: personagens

O jogador vai controlar cinco personagens, cada um correspondendo há um dos personagens dos livros lidos pela Alice, que contam toda a história do game e dos protagonistas de Odin Sphere.

Odin Sphere game.

Os personagens usam o mesmo tipo de arma, chamadas de Psypher:

  1. Gwendolyn: uma Valquíria, filha do Lord Odin, ganha sua Psypher (uma lança) de sua irmã Griselda;
  2. Velvet: uma Bruxa é a princesa do reino Valantine, tem Psypher em forma de corrente com duas pontas;
  3. Oswald: um guerreiro das trevas, sua Psypher é uma adaga, dada a ele pelo seu pai adotivo, Melvin, do reino das fadas;
  4. Cornelius: este é o Príncipe de Titania, que se tornou umPooka, sua Psypher é uma espada que foi ganha de um ser misterioso no mundo dos mortos;
  5. Mercedes: é uma jovem fada princesa que ganha a sua Psypher, uma Besta, de sua mãe, Queen Elfaria.

O game não tem um objetivo final em si, e há o famoso Armagedom como plano de fundo. Além disso, a própria desenvolvedora afirmou que neste jogo nem sempre se ganha. Um dos motivos que justificam sua crítica de “jogo de nível difícil”.

Odin Sphere RPG: jogabilidade

O jogador deve controlar os cinco personagens passando por seis diferentes cenários com diferentes níveis de dificuldade.

Cada aérea dentro dos níveis são estágios circulares, que permitem o movimento para a esquerda ou direita com saídas que levam a outros setores.

O objetivo principal é sempre eliminar todos os inimigos de uma aérea e avançar para a próxima.

Os combates são feitos com a combinação de ataques físicos e habilidades de Psypher usadas pelos personagens. Com frequência ataques combinados são desencadeados atacando inimigos continuamente. 

É possível saltar para alcançar inimigos em locais elevados.

E ao final de cada combate notas são atribuídas com base no tempo de batalha, no dano recebido dos inimigos e na quantidade de dano causado. O jogador também recebe uma certa quantia de moedas do jogo como recompensa.

Contrariando a maioria dos RPGs, o jogo não apresente evolução por nível, mas  cada personagem tem suas habilidades ligadas aos seus Psyphers, e a quantidade de dano que os personagens podem infligir depende da força do seu Psypher.

Para evoluir os Psypher é preciso coletar os Phozons, que caem dos inimigos derrotados e usá-los para aprimorar as armas. Além disso, os Phozons enchem um medidor mágico, usado para ativar habilidades especiais. Mas, fique alerta, todos os danos físicos drenam esse medidor!

É importante saber também que ligado aos Phozons há um sistema agrícola, onde as sementes plantadas e abastecidas com Phozons fornecem refeições que elevam o nível de um personagem. Muito divertido!

De uma forma geral Odin Sphere:

  1. Apresenta gráficos dignos de nota;
  2. Tem um bom enredo que foge do clichê bem contra o mal em vários pontos;
  3. A história é contada de um jeito criativo;
  4. O jogo tem elementos que fogem aos RPGs convencionais.

Para finalizar deixamos você com esse vídeo do trailer oficial de Odin Sphere.

Odin Sphere Official Trailer

Divirta-se e até a próxima com Mais RPG!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.