Jogos online e offline de RPG e Tabuleiro.

Lost Odyssey MMORPG: 1000 anos de aventuras

0 18

Lost Odyssey é um jogo incrível desenvolvido pela Mistwalker, feelplus e distribuído pela Microsoft Game Studios para o Xbox 360. Em um cenário fantástico, baseado em uma versão alternativa da revolução industrial, esse game prende a atenção do jogador do início ao fim!

Quer saber mais? Fique conosco e acompanhe!

Lost Odyssey RPG

O criador do jogo é Hironobu Sakaguchi, um dos principais nomes da indústria dos games. Quando ele anunciou seu desligamento da  Square, o mundo todo voltou os olhos para ele a espera de seus projetos futuros.

O gênio do mundos games não decepcionou. Lost Odyssey foi um dos primeiros títulos de nova produtora, que havia recém firmado um acordo com Microsoft Game Studios .

 Lost Odyssey
Clique na imagem para ser direcionado ao site da microsoft onde game pode ser adquirido.

O game vendeu 40.000 cópias no Japão em seu primeiro dia no varejo, em 6 de dezembro de 2007, cerca de 50% da remessa total! Conforme dados da Famitsu (revista japonesa especializada em videogames), em 17 de fevereiro de 2008 o jogo já tinha vendido 104.417 no Japão.

Um verdadeiro sucesso? Saiba porque a seguir.

Lost Odyssey RPG: o mundo do jogo

O universo do game gira em torno de Klaim  Argonar , um homem que viveu mil anos e não se lembra do seu passado. Esse imortal somente consegue se lembrar do seus últimos 30 anos de vida, assim o restante do seu passado permanece na obscuridade.

Lost Odyssey

Ele não recorda e não quer lembrar. Klaim somente segue ordens e caminha em conformidade ao que aparece eu seu caminho. Respondendo as situações conforme as circunstâncias necessitam.

O que se sabe sobre os imortais é que aparentemente todos viveram por 1000 anos, e vieram de outro mundo, através da Tower of Mirrors. E todos foram alvos de Gongora (principal antagonista do jogo), que aprisionou suas memórias dentro deles (exceto as dele próprio, pois ele também é um imortal).

Os imortais podem aprender habilidades dos mortais, embora não aprendam por eles mesmos. Também podem ter filhos, mas estes não herdarão sua condição de imortalidade.

Retomando…

O último caminho tomado pelo protagonista o leva até o país de Uhra, onde ele encontrou Gongora, membro líder do conselho nacional. Esta nação enfrenta uma batalha sangrenta contra o  reino de Gohtze, seus vizinhos.

Intrigado, ele descobre que as causas da guerra são ambíguas, porem parecem guardar um ponto em comum: todas transitam em torno de vastas fontes de magia que começaram a aparecer no planeta a cerca de trinta anos atrás.

O personagem descobre que o elemento mágico inovador propiciou uma série de transformações tecnológicas trazendo avanços e transformações em diversos setores da sociedade (quem conhece Final Fantasy certamente vai sentir algo familiar aqui…).

E a história do protagonista acaba se misturando de forma indissociável ao conflito. Sua natureza fantástica faz com que ele se transforme em uma espécie de arma mágica do reino de Uhra.

Mas, Gongora também tem sua própria surpresa preparada para os incautos. O reino está “de posse” de outro imortal, chamado Seth Balmore. Assim como Klaim, ele tem mais de mil anos de idade e não se lembra de suas memórias com mais de 30 anos no passado.

Uma batalha campal de proporções épicas tem lugar aos pés da cordilheira de Wohl. Klaim mata muitos soldados de Gohtzan. Então, após o combate um meteoro adentra a atmosfera terrestre, rasgando os céus fazendo chover lava em cima de todos.

Lost Odyssey MMORPG: 1000 anos de aventuras 1
Lost Odyssey

Dito assim não parece nada demais, acontece que a sequência de animação é simplesmente soberba! O trabalho artístico da equipe que elaborou o game fica bem evidente aqui.

Após a batalha e o evento do meteoro, Klaim é mandado em uma nova missão: levar a cabo uma investigação minuciosa sobre as dificuldades por trás do maior projeto de Uhra, o Grand Staff.

Assim, tem um início uma jornada incrível com Klaim, Seth e mais sete personagens padrão de RPG até as fronteiras do mundo do jogo em uma busca para salvar todo o planeta das pretensões megalomaníacas de um homem sedento por poder.

Uma jornada repleta de perigos, que vai levar o jogador por um mundo cheio de magia, tecnologias estranhas, criaturas monstruosas, fenômenos incríveis e toda sorte de inimigos pelo caminho!

Tendo sempre como pano de fundo o mistério sobre os imortais.

Lost Odyssey RPG: ficha técnica

A revista japonesa especializada Famitsu fez uma avaliação do game com o score de 36/40, onde todos os quatro críticos deram ao jogo uma nota 9. O game recebeu críticas mistas, porém com predomínio de pontos favoráveis.

Confira a ficha técnica do game a seguir.

  • Produtora: Mistwalker;
  • Publicadora: Microsoft Game Studios;
  • Diretor: Daisuke Fukugawa;
  • Escritores: Kiyoshi Shigematsu e Hironobu Sakaguchi;
  • Motor: Unreal Engine 3.0;
  • Plataforma: Xbox 360, Xbox One;
  • Data de lançamento Japão: 6 de dezembro de 2007;
  • Estados Unidos: 12 de fevereiro de 2008, União Europeia: 29 de fevereiro de 2008;
  • Gênero: RPG (interpretação de papeis).

O principal problema que muitos críticos tiveram com esse game foi quanto a sua mecânica de evidentemente old-school, com destaque para o sistema de combate tradicional.

Lost Odyssey RPG: personagens

O jogador, como é se esperar, vai encarnar o papel de um imortal, especificamente, Klaim, que segundo os dizeres da própria caixa do game é um “homem sem passado que luta por um mundo sem futuro”.

Lost Odyssey

Prepare-se para usar muita magia. Ela é bem presente no mundo do jogo, sendo usada como “combustível” para meios de transporte, iluminação e até mesmo máquinas de guerra, como tanques e robô.

O jogo tem início no combate decisivo da guerra entre Uhra e Gohtze. Os exércitos são dizimados pelo meteoro gigante que atinge o campo de batalha. Somente Klaim sobrevive.

O protagonista junta forças com o pirata imortal Seth e o mago Jansen para cumprir a missão que Urha lhe deu: investigar o motor mágico Grande Staff, descobrindo o que está causando dificuldades no projeto mais importante do reino de Urha.

Agora é partir para explorar o mundo e enfrentar os perigos do caminho. Mas, os personagens também vão encontrar pessoas que fizeram parte de suas vidas, incluindo familiares.

Assim, ao longo da jornada, acabam descobrindo coisas importantes sobre si mesmos, recuperando memórias e desvendando o mistério que envolve sua própria condição como imortais.

Lost Odyssey RPG: jogabilidade

O game usa um  tradicional sistema de batalhas baseado em turnos, o mesmo empregado na maioria dos RPGs japoneses.

Há um mapa no mundo pelo qual o jogador pode transitar pelos diversos locais, como pelas cidades, campos e calabouços. E mais, ao longo do jogo se ganha ainda mais liberdade em explorar o mundo através de um navio!

E como se trata de um tradicional RPG os personagens também precisam descansar, recuperar pontos de vida, adquirir itens e melhorar atributos. Deste modo nas vilas e cidades do game o jogador encontra estalagens para o jogador recuperar os pontos de vida do grupo, lojas para vender e comprar equipamentos.

E claro, pontos para salvar o jogo e não perder o seu progresso.

Esteja sempre pronto para o combate, pois em diversos pontos do jogo há monstros que podem surgir aleatoriamente para o jogador encarar, até dentro das cidades!

Apesar da história do game não ser tao misteriosa quanto sua promessa inicial, este é um jogo muito divertido, e com a assinatura de um dos maiores gênios dos jogos eletrônicos.

Para finalizar deixamos você com esse vídeo do trailer oficial de Lost Odyssey.

Lost Odyssey – Trailer TGS 2006 – Xbox360.mov

Divirta-se e até a próxima com Mais RPG!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.