Jogos online e offline de RPG e Tabuleiro.

Dragon Age Origins RPG

0 25

Dragon Age Origns é um game de fantasia adulto, que foi lançado no PC, Xbox 360 e PlayStation 3 em 3 de novembro de 2009 na América do Norte, 5 de novembro de 2009 na Austrália e 6 de novembro de 2009 na Europa.

Descrito como um “conto épico de violência, luxúria e traição”, esse é um RPG com foco jovem e adulto, ideal para quem quer games com uma pegada mais séria, que foge do estilo “fofinho” e “aventureiro”, dos jogos voltados ao público adolescente.

Venha com a gente conhecer mais sobre esse game incrível! E se você já conhece, que tal matar a saudade?

Dragon Age Origins RPG

O game usa um engine de jogo chamado Eclipse. Sendo um jogo voltado para PC o uso dessa ferramenta é muito boa, pois ela conta com todo um conjunto de ferramentas para a boa desenvoltura de jogos em computadores.

Dragon Age Origins
Clique na imagem para ir ao site oficial de Dragon Age Origins (em inglês).

Esse é um título para ser jogador por um jogador. Conforme descrevre o co-CEO da BioWare, Ray Muzyka, é um “sucessor espiritual” da série Baldur’s Gate. Contudo, o game não é baseado nas regras de Dungeons & Dragons ou no cenário Forgotten Realms .

É um jogo muito em termos de RPG, possuindo tudo que um bom role-playing deve ter: uma história excelente, criação de personagens personalizada e jogabilidade muito prática. E claro, é o jogador quem faz o seu final a partir de suas escolhas!

Dragon Age Origins: o mundo do jogo

O game é uma fantasia épica com temas adultos. O mundo de Dragon Age Origins é repleto de violência e luxúria. A história se passa no universo de Thedas, um lugar abandonado pelos deuses como castigo ao mal comportamento de seus habitantes.

Dragon Age Origins

O personagem do jogador, conhecido como O Guardião, é um novo recruta do Guardião Cinzento dentro do reino de Ferelden, um país do mítico universo de Thedas.

A ambientação do jogo é tipicamente medieval. Portanto, o jogador pode esperar encontrar cidades, vilas, lindas paisagens, calabouços, masmorras, e toda sorte de mistérios por esse mundo. Além, é claro, de muita magia e seres sobrenaturais, como não poderia faltar em um bom jogo do estilo.

Por aqui há muitos perigos. Os Darkspawn são criaturas que habitam o subterrâneo de Thedas. De séculos em séculos os Darkspawn empreendem um grande ataque contra os habitantes da superfície. Este ataque é das uma das poucas e inevitáveis certezas que os habitantes de Tedhas possuem.

Há muito tempo atrás, quando o primeiro deles pegou os habitantes do mundo de surpresa, causando uma destruição nunca antes vista, os ataques foram nomeados de Blights e para combatê-los surgiu uma ordem lendária de guerreiros e magos, chamados de Grey Wardens.

Portanto, sua missão é deter o inevitável Fifth Blight. Como você o fará é determinado pela escolha de sua história de origem. Basicamente, a origem escolhida determina quem é o diretor antes dos principais eventos da história do jogo.

Além disso, essas histórias servem como uma introdução e explicação da origem do personagem principal e do seu estatuto social.

E se você espera um mundo onde todos se unem e deixam as diferenças de lado para evitar a destruição final, saiba que mundo de Thedas é dividido em muitas facções.

Cada raça e clã tem sua própria história, cultura e participação nos eventos relacionados ao Blight. E não necessariamente elas se dão bem entre si, na verdade muitas se odeiam ferozmente.

Portanto, como um dos últimos Guardiões Cinzentos que permanecem em Ferelden, suas ações ao longo de um ano – indireta e diretamente – decidirão quais facções se alinharão aos guardiões para deter o terrível Fifth Blight, decidindo assim o destino do mundo de Thedas.

Dragon Age Origins: ficha técnica

Dragon Age Origins foi primeiramente anunciado em com o nome Dragon Age, seu nome foi alterado para Origins em 2008. Sua versão para PC recebeu análises extremamente positivas e foi, no geral, elogiada pela maioria dos críticos. 

Confira a ficha técnica do game a seguir:

  1. Desenvolvedora BioWare Edmonton;
  2. Publicadora Electronic Arts;
  3. Compositor: Inon Zur;
  4. Plataforma: Microsoft Windows, PlayStation 3, Xbox 360;
  5. Gênero: RPG eletrônico, fantasia medieval para adultos;
  6. Modo de jogo: um jogador.

Dragon Age Origins RPG: criação do personagem

O primeiro ponto a enfatizar é: escolha bem sua classe e origem, pois é determinante para a sua desenvoltura no game depois. Dito isto, vamos lá!

Dragon Age Origins RPG 1
Dragon Age Origins

O jogo oferece opções para criar o seu personagem, é possível escolher o sexo e a raça entre humano, elfo ou anão, e escolher a classe, optando por guerreiro, mago ou paladino.

O sexo do personagem só vai mudar alguns diálogos e tramas. Mas, a raça vai determinar seu porte físico, habilidades naturais e como o seu personagem se desenvolverá no mundo de Dragon Age.

Os elfos da cidade, por exemplo, são considerados como serviçais e as pessoas os veem com preconceito.

Quanto a classe, ela determina as habilidades que o personagem vai aprender durante a sua jornada. Mas, se sua classe for um mago, saiba que essa escolha determina praticamente toda a sua história.

Então, ao criar o personagem o jogador vai escolher primeiro o sexo, depois raça e classe. Após essas escolhas o personagem vai escolher sua origem (antecedentes) entre as opções possíveis.

Mas, a raça e a classe escolhida antes tem peso aqui e o jogador terá de um ou dois antecedentes para escolher. A origem determina onde seu personagem vai iniciar o game e qual a sequência da história a se seguir.

Feitas todas essas escolhas, o jogador poderá finalmente customizar o personagem como preferir. É possível personalizar aparência, nome, retrato e voz durante a batalha. Há muitas opções de customização disponíveis.

Pode ser criativo, a aparência estética não vai interferir no jogo em si.

Por fim o jogador pode distribuir os atributos e escolher as habilidades iniciais, talentos e feitiços. Feito isso é iniciar e bom jogo!

Dragon Age Origins RPG: jogabilidade

Quanto a jogabilidade, Dragon Age Origins leva bem a sério o conceito de RPG. Por exemplo, as escolhas morais feitas pelo jogador podem ter um efeito significativo na história.

O personagem também não luta sozinho o tempo todo. Durante sua jornada vários aliados de diferentes raças se juntam à sua causa. É possível escolher até três companheiros para se unirem ao personagem na sua aventura.

Há um acampamento, que é o local de descanso seguro do jogador. Toda vez que o seu personagem entrar lá poderá escolher quais companheiros vão acompanhá-lo na próxima missão.

É importante conhecer os membros da equipe. Todos tem histórias e habilidades únicas. Assim, você poderá fazer uma melhor escolha.

E fique atento ao nível de aprovação. Lembre-se: diferentes raças vão compor seu grupo, imagine um elfo e um anão juntos na mesma party? Se o nível de aprovação cair seu time vai deixar de se comportar como tal e você corre o risco de ser abandonado ou traído.

O sistema de combate é muito intuitivo. A diferença entre o ataque dos personagens e a defesa do inimigo proporciona a porcentagem de chance de sucesso do ataque. E os atributos, como força e destreza, aliado junto a habilidades, feitiços e talentos, determinam o poder dos ataques.

Fique atento, apenas, há alguns aspectos como a fadiga e o vigor. O peso de uma armadura e armas podem causar penalidades. Lembre-se que o game leva o conceito de RPG e da realidade dos personagens muito a sério.

O game é muito divertido, altamente recomendado para jogadores que entrar em uma verdadeira realidade medieval de fantasia. Com gráficos realistas, e até cenas de sexo, o jogo não é indicado para menores de idade, e pode ser muito viciante!

Para finalizar deixamos você com esse vídeo do trailer oficial de Dragon Age Origins.

Dragon Age: Origins – Sacred Ashes Trailer

Divirta-se e até a próxima com Mais RPG!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.